Infográfico: os 10 produtos mais vendidos do mundo

Você tem noção de quais são os produtos mais vendidos ao redor do mundo? E a quantidade que é vendida de cada um deles? Não, né? A Ruby Media Corporation foi atrás dessas informações e montou um infográfico bem bacana.

São carros, tablets, biscoitos, cds entre outros itens, que foram catalogados de acordo com quantidade vendida desde seu lançamento ou volume diário ou anual.

Confira:

 

Fonte: Plugcitários

Os 7 maiores bordões da publicidade brasileira

Tem muito comercial que tenta se virar nos 30, mas são tão comuns na hora de passar a mensagem que acabam no esquecimento assim que saem de veiculação, enquanto outros garantem seu lugar na cultura popular seja por ser muito bom ou por simplesmente encher o saco mesmo com uma frase que vira bordão e cai nas graças do povo. A seguir, quem faz parte desta seleção:

Fabiano_Augusto_Casas_Bahia

Ligue já!

Esse lembra um objeto que sempre esteve em um lugar, mas ninguém percebia sua presença. A frase de ordem e suas variações de vez em quando são usadas para reforçar o pedido que foi feito na propaganda. Seu auge foi atingido com o astrólogo (ou algo do tipo) Walter Mercado com seu sotaque de gringo em férias no Brasil ao pronunciar o famoso“Ligue Djá”!


Pode ser?

Quando a Pepsi colocou esta pergunta no ar, a opinião do público se dividiu e o que era hábito informal de muitos garçons se tornou oficial.


Amo muito tudo isso

Muita gente pode se questionar se a frase cabe para uma empresa que era mais conhecida pelos seus lanches gordurosos e que hoje oferece alternativas mais saudáveis, mas este trecho começou a ser usada para várias finalidades, entre elas, cantadas de pedreiro.


Não é uma Brastemp

Esta campanha é um dos inúmeros exemplos de como uma campanha bem feita pode durar por tempo indeterminado. Até hoje ela alguém fala esta expressão quando quer justificar a qualidade inferior de alguma coisa.


Bombril, mil e uma utilidades

Carlos Moreno passou décadas anunciando palha de aço que virou sinônimo de categoria e de multiuso, literalmente falando. Quem viveu os anos 1980 e 90 lembra que além de limpar louças, era auxiliar de antenas.


É tipo Net?

Esse lembra o caso da Brastemp e no período que estava no ar, foi usado em várias paródias, até mesmo pelo Porta dos Fundos. Só acho que este bordão pode ser um tiro no pé para a empresa diante das reclamações dos usuários sobre a qualidade do serviço.


Quer pagar quanto?

Sabe aquele caso que um ator faz sucesso com um papel e depois não consegue ser lembrado por outra coisa? Acredito que seja o caso do Fabiano Augusto, o Adam Sandler brasileiro, e sua alegria contagiante para uns e irritante pra muitos, mas que até hoje ainda ta na cabeça de muita gente graças à quase lavagem cerebral que a audiência sofreu na época da campanha. Deve ser por isso que o ator nunca mais apareceu na TV, pois sabe que será imediatamente associado às Casas Bahia.

Fonte: Blogcitário

20 marcas que mudaram seus logotipos em 2013

O ano de 2013 já está marcado pela mudança da identidade visual de marcas de diferentes setores. Nesta terça-feira, foi a vez do Bing, aposta da Microsoft nos buscadores, engrossar uma longa lista de renovações de imagem ao lado de Facebook, Volkswagen, Yahoo e Nivea.

As reformulações podem ser apenas ajustes estéticos, seguindo a tendência que abre mão de sombras e efeitos de profundidade, como o caso do Firefox, ou grandes adaptações à novas realidades de mercado, como é o exemplo da Motorola. Confira a seguir o antes e depois de cada redesign.

Yahoo

Após muita expectativa e até uma contagem regressiva global que criou 30 diferentes identidades visuais durante 30 dias, a reformulação do Yahoo falhou em impressionar. Como prometido, a cor roxa e o ponto de exclamação continuam. As reações iniciais, negativas, lamentaram a falta de ousadia nessa primeira mudança no visual após 18 anos.

Nivea

Ainda em janeiro, a marca de cosméticos promoveu um redesign global, alterando sua identidade visual e unificando as embalagens. A tradicional latinha azul, criada em 1924, serviu de inspiração para a agência Fuseproject reunificar a identidade visual da marca.

Bing

Cheegou a vez da Microsoft anunciar mudanças no logo de um produto importante. A partir desta semana, o Bing ganha um redesenho em sua marca, deixando o visual completamente arredondado para ganhar um ‘b’ amarelo, que abre mão de sombras. “Uma nova identidade visual não acontece da noite pro dia”, afirmou em nota Scott Erickson, diretor sênior de marcas da Microsoft. “Gastamos meses para atualizar o visual o Bing e aproximá-lo do novo visual da Microsoft.”

Facebook

Em abril, sem alarde, a rede social de Mark Zuckerberg alterou a identidade visual de todos os ícones internos pela primeira vez em anos. O símbolo ficou mais limpo e perdeu a faixa azul clara que aparecia na base da caixa. A letra F agora chega até a margem do logo.

Instagram

Em março, foi a vez do Instagram deixar para trás a tipografia vintage e investir num logotipo mais “atemporal”. O conceito foi explicado pelo designer Mackey Saturday, responsável pela reforma, em seu portfólio online: “A meta era ter um estilo mais refinado e duradouro, sem abandonar a nostalgia”.

YouTube

Em agosto, updates de aplicativos para Android e iOS reveleram um ícone mais clean para o YouTube. Branco e vermelho, o novo logotipo abandonou a tipografia preta. A versão atualizada apareceu ainda nos perfis oficiais da plataforma de vídeos nas redes sociais, que no entanto não abandonou completamente a simbologia antiga.

Motorola

Em junho, a Motorola decretou o fim do “Hello Moto” e matou o logo antigo da companhia. No redesign, o símbolo com o M abandonou o vermelho e preto e passou a mostrar um espectro de várias cores. Não foi à toa: agora, a Motorola é uma empresa do também colorido Google, e fez questão de incluir isso em sua simbologia.

P&G

A gigante de higiene pessoal abandonou o visual unicamente tipográfico e resgatou uma simbologia antiga – a lua crescente, que fez parte de seu primeiro logo, em 1850. Desde maio, o novo visual começou a ser incorporado. A assinatura do redesign é do estúdio multinacional Landor.

Volskwagen

A Volkswagen renovou mundialmente sua marca em março. Desenvolvida pela equipe de Corporate Design da Volkswagen na Alemanha, a nova identidade tem como principais destaques os traços hiper-realistas, que realçam a tridimensionalidade em relação ao logo anterior, e o efeito cromado.

Firefox

Lançada em agosto, a versão 23 do Firefox marcou a estreia de um novo logotipo, que suavizou os efeitos 3D e deu uma imagem mais “clean” à raposa ao globo terrestre que representam o navegador. O excesso de detalhes foi removido para dar mais clareza tanto em telas de menor resolução quanto em dispositivos como Smart TVs, explicou a Mozilla em seu blog.

10 marcas que podem desaparecer em 2014 nos EUA

Além de dois representantes da mídia impressa, a lista conta com dois nomes da indústria de eletrônicos e dois da indústria automobilística.

Volvo, Olympus e Mitsubishi Motors são algumas das marcas  que têm grandes chances de desaparecer até 2014 nos Estados Unidos. A afirmação vem da publicação 24/7 Wall St., que aponta, todos os anos, as dez marcas que mais possuem chances de deixar de ser comercializadas no país americano.

Segundo a publicação, a lista desse ano reflete “a natureza brutalmente competitiva de certas indústrias e a importância de não ficar para trás em eficiência, inovação e financiamento”.

Entre os critérios utilizados para a metodologia da pesquisa estão: 1. Queda nas vendas e perdas; 2. Divulgações pelo responsável da marca que ele pode sair do negócio; 3. Aumento dos custos que não são susceptíveis de ser recuperados através de preços mais elevados; 4. As empresas que são vendidas; 5. As empresas que entram em falência; 6. As empresas que perderam a maior parte dos seus clientes, e 7. Operações com market share.

Além de dois representantes da mídia impressa, a lista conta com dois nomes da indústria de eletrônicos e dois da indústria automobilística. Nem todos são familiares ao público brasileiro.

Confira o ranking logo abaixo:

1. J.C.Penney, rede de lojas de departamento
2. Nook, e-reader da Barnes & Noble
3. Martha Stewart Living Magazine, revista de decoraçao
4. LivingSocial, site de compras coletivas
5. Volvo, fabricante de automóveis
6. Olympus, fabricante de equipamentos óticos
7. WNBA, Associaçao Nacional do Basquete Feminino dos EUA
8. Leap Wireless, companhia de telecomunicaçoes
9. Mitsubishi Motors, fabricante de automóveis
10. Road & Track, revista automobilística

Fonte: Administradores