Tá no ar! Novo site da Bianca Accessory

A Sopa de Ideias lançou esta semana o novo website da Bianca Accessory com a nova coleção do segundo semestre de 2014.

O trabalho começou muito antes do desenvolvimento. O primeiro passo foi a pesquisa dos conceitos para atingir o target desejado da Bianca Accessory: o público feminino antenado nas tendências de moda. O novo conceito escolhido pela agência trouxe mudanças visuais significativas para a marca, tornando-a mais moderna e dinâmica.

Todo o portfólio de produtos e lookbooks da Bianca Accessory foi totalmente renovado, seguindo os conceitos escolhidos.

No novo website, você pode conferir modernas técnicas de desenvolvimento para internet em HTML 5, alinhadas com um excelente trabalho de design e fotografia.

Segundo matéria da Meio&Mensagem no Especial Profissional de Mídia (junho de 2014), com Peter Fernandez, head of brand solutions do Google, cerca de 33% das pesquisas no Google.com e 40% dos views do YouTube já ocorrem via mobile, índices que devem chegar a 50% em breve. Seguindo estas tendências, o novo website foi desenvolvido para rodar em múltiplas plataformas.

Veja todas as novidades acessando o novo
website da Bianca Accessory:

www.bianca.com.br

A nova marca do Foursquare, com um novo logo e aparência, está quase pronta para você

Todo mundo explora o mundo de forma diferente – guiados por seus próprios sabores únicos, seus amigos, e as pessoas em quem confiam. A busca local nunca foi bom nisso. Não entende você, e, como resultado, todos recebem o mesmo um-tamanho-cabe-em-todos resultado. Por que devem duas pessoas totalmente diferentes obter as mesmas recomendações quando visitam Paris? Ou a mesma lista de lugares quando estão à procura de um bar? Estamos prestes a mudar isso. Em algumas semanas, estaremos lançando uma nova versão do Foursquare. O novo Foursquare é tudo sobre você. Diga-nos o que você gosta, e nós vamos estar à procura de ótimos lugares que correspondem ao seu gosto, onde você estiver.

Isto significa que há algumas mudanças.

  • Em primeiro lugar, movemos todos os check-ins para o nosso novo aplicativo, Swarm. Não se preocupe; todos os seus check-ins antigos, todos os seus amigos, todas as suas fotos, estão todos automaticamente em Swarm.Cerca de três quartos de vocês já estão no Swarm. (Obrigado! e continuem nos mandando feedback; estamos correndo trabalhando em melhorar a cada dia – veja uma prévia do que vem a seguir aqui) Para todos ainda usando o Foursquare para fazer check-in, terão que baixar o Swarm para continuar fazendo check in.
  • Em segundo lugar, se você construe um aplicativo totalmente novo, você precisa de um logo totalmente novo. Nosso logo está mudando da marca de check-in para algo representando o Foursquare novo. Projetamos o novo logo para ser uma mistura entre mapa de pins e emblema de super-herói. Sempre pensamos no Foursquare como lhe dando superpoderes para explorar a sua cidade, e nosso novo logo reflete essa visão. Está vindo brevemente a uma tela inicial perto de você.

  • Finalmente, queríamos dar a todos uma espiada no que está por vir. Aqui esta a tela inicial do novo Foursquare. Não há duas pessoas no mundo que o vêem exactamente igual, então nenhum par de dois terá a mesma experiência com o aplicativo. Depois de ensinar Foursquare algumas de coisas sobre você – adicionar seus gostos, seguir especialistas, ou mesmo após apenas passear por alguns dias – o aplicativo será 100% seu.

Este é o começo do futuro de ‘busca local personalizada’ que temos vindo a falando desde que começamos o Foursquare. Tem sido construido com a ajuda da nossa incrível comunidade, fortemente composta de 50,000,000, com todas suas dicas, check-ins, fotos, e um pouco de nossa expertise espremido por cima. Para vocês que estão conosco desde o princípio, seus check-ins e históricocontinuarão a moldar as suas recomendações. Para aqueles de vocês que estão nos dando uma chance pela primeira vez – você ainda obtem todos os benefícios de uma melhor maneira de explorar qualquer vizinhança, nenhum check-in necessário.

Não podemos esperar para que possam começar a usar-lo! Se você usa o Foursquare para check in,baixe o Swarm hoje. E, se você estava esperando por uma verdadeira busca local, e não apenas as páginas amarelas no seu telefone, fique atento. O novo Foursquare estará disponível brevemente.

Fonte: The Foursquare Blog

Infográfico: os 10 produtos mais vendidos do mundo

Você tem noção de quais são os produtos mais vendidos ao redor do mundo? E a quantidade que é vendida de cada um deles? Não, né? A Ruby Media Corporation foi atrás dessas informações e montou um infográfico bem bacana.

São carros, tablets, biscoitos, cds entre outros itens, que foram catalogados de acordo com quantidade vendida desde seu lançamento ou volume diário ou anual.

Confira:

 

Fonte: Plugcitários

O uso da metáfora na publicidade

Poucos são os cases que você assiste, para pra pensar e a ficha cai: “Nossa, que sacada genial!”. Foi isso que eu senti após ver essa produção que é de 2007, vencedora de alguns prêmios importantes da publicidade, incluindo o Gold Lion do festival de Cannes.

O vídeo mostra o depoimento um homem grande e desajeitado, que tinha uma vida triste e solitária até receber uma oportunidade. A qualidade do vídeo deixa a desejar, mas a versão é legendada. Confira:

Apenas no final é revelada a metáfora do vento, e que uma empresa, Epuron, finalmente reconheceu o seu grande potencial desperdiçado, que poderia ser usado como fonte de energia eólica. A sutileza é simplesmente incrível, e quando termina o vídeo, nos faz querer assistir de novo e perceber o quão óbvio era a ideia.

Esse é apenas um exemplo de como abordar temas que as vezes podem parecer desinteressantes para a maioria das pessoas, mas que tem relevância. Nem sempre é preciso ser direto, existem inúmeras ferramentas que podem auxiliar a contar a mesma história por perspectivas diferentes. Para quem dormia nas aulas de língua portuguesa e acabou não aprendendo sobre figuras de linguagem, fica como dica para ter mais referência!

Fonte: Plugcitários

Rolagem contínua em sites de notícias ajuda a conter taxa de rejeição

No site da Time, o loop infinito ajuda a manter a navegação de visitantes que vieram de redes sociais.

Ao acessar uma determinada matéria nos sites da Time.com, NBCNews.com ou LATimes.com, o leitor hoje se depara com um design diferente, e com uma barra de rolagem que é quase infinita. Ao encerrar uma matéria, basta continuar rolando para ver mais uma, e mais outra.

Essa estratégia tem como intuito conter a taxa de rejeição dos sites de notícias, métrica que dá conta do número de usuários que acessam o link, leem apenas a notícia em questão, e depois vão embora, sem navegar por outros conteúdos. Essa ‘armadilha’ parece ter dado certo – o Time.com relata uma queda de 15% na sua taxa de rejeição, além de um aumento de 21% no número de visitantes de desktop que navegavam para outros conteúdos do site.

Esse novo modelo de usabilidade dos sites surge devido a um aumento do acesso proveniente de redes sociais, que remetem a audiência para um artigo em especial, e não para a página principal. Com isso, é preciso pegar o visitante pela mão e leva-lo a outros conteúdos da publicação, ou trazer às páginas internas pequenos conteúdos que convidem para a navegação para outros artigos. A ‘rolagem infinita’ auxilia nesse processo, já que basta continuar rolando a página para ser impactado por novos conteúdos.

A diferença fica por conta do que cada publicação mostra na sequência de rolagem contínua: na Time, são as principais notícias do dia; na NBC News, são matérias relacionadas à que levou o leitor para o site, o que causou um aumento de 20% nas páginas vistas por visitante; e no LA Times, a tendência é manter o visitante na mesma seção da matéria que ele começou a ver, mas existe também a opção de mostrar outros cadernos relacionados.

No Brasil, uma medida semelhante foi tomada pelo Terra em seu novo design, apresentado há poucos meses. Ao acessar uma matéria específica do portal, o leitor que rolar a página ganha quase que uma ‘página principal’ depois da notícia que leu, ajudando a convidá-lo a outros conteúdos.

Será que a medida realmente ajuda a manter o leitor consumindo outras notícias, ou os usuários vão se acostumar com esse comportamento do site e parar a rolagem logo no final da matéria que queriam ver?

 Fonte: Brainstorm9