Publicis abre miniagência no Kidzania

1

Quem estiver de passagem pelo Shopping Eldorado, em São Paulo, pode levar suas crianças para experimentarem a vida de publicitário.

A Publicis lançou a Publicis Kids, miniagência que fica na unidade brasileira da KidZania – rede de parque de diversões mexicana que lançou sua primeira unidade brasileira no shopping paulistano.

Em um espaço que reproduz a identidade visual da Publicis, inclusive com o famoso leão-símbolo da agência, meninos e meninas com mais de seis anos são incentivados a criar campanhas de cunho social e ambiental.

O KidZania funciona todos os dias em dois turnos: das 9h às 14h e das 15h às 20h. Os valores de ingressos para crianças entre 4 e 14 anos e para adultos, além de mais informações, podem ser encontrados no site do parque.

2

3

Via Meio & Mensagem

PuppySwap, o “serviço de filhotes por assinatura”.

filhotes

Imagine se, ao adotar um cãozinho, você tivesse a possibilidade de trocá-lo por outro filhote após alguns meses, quando ele começasse a crescer? Esta é a proposta do PuppySwap, um “serviço de filhotes por assinatura”. Basta logar, escolher a raça e cor e pronto, o bichinho é entregue em sua casa.

E se o cãozinho começa a crescer e dar mais trabalho do que você esperava, basta trocar por um novo filhote. Em resumo, o serviço permite que você tenha um cão, mas não precise se comprometer com sua criação. Fácil, não?

Se você também se revoltou com o absurdo deste serviço – e conseguiu chegar até aqui neste texto, antes de sair xingando nos comentários -, saiba que o PuppySwap não existe. Ele faz parte de uma campanha criada pela agência canadense Grip para a Toronto Humane Society, com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o abandono de animais.

No final do vídeo, há a informação de que, anualmente, 180 mil animais chegam a abrigos no Canadá e pelo menos 40% deles nunca saem de lá. Ter um bichinho é um comprometimento para a vida, e não deve ser encarado de forma leviana.

Via Brainstorm9

McDonald’s divulga nova visão de marca

mcdonalds_loja_300Na última sexta-feira, o McDonald’s detalhou uma atualização da abordagem de marketing de sua marca, mas o slogan “amo muito tudo isso” continuará na área. A rede está reacendendo o tema “ao introduzir uma nova plataforma que coloca mais foco no ‘amo muito”, afirmou a companhia em comunicado. As mensagens darão ênfase à positividade “com conteúdo mais elevado e conversas em torno do espírito do ‘amo muito”.

O AdAge foi o primeiro a divulgar o objetivo da campanha, assim que a Leo Burnett, do Publicis Group, venceu uma concorrência por ideias que revigorassem a marca. Não se esperava que o “amo muito tudo isso” fosse abandonado, mas evoluísse. “Este novo foco irá inspirar tudo que fizermos daqui para frente, de publicidade e marketing a como interagimos com nossos clientes nos restaurantes e nas redes sociais”, afirmou a companhia.

A campanha criada pela Leo Burnett começou a ser veiculada dia 3 de janeiro nos Estados Unidos, com filme para TV e anúncios para digital, e suporte de agências parceiras (confira abaixo, em inglês, o primeiro filme; inimigos clássicos, como Smurfs e Gargamel, são reunidos em uma animação que acaba em final feliz, com a frase “escolha o amor”, antes de o comercial terminar exibindo o slogan da rede).

Deborah Wahl, CMO para o mercado norte-americano e que chegou à empresa no início de 2014 afirmou em um vídeo sobre a renovação da marca que a companhia migrará de uma filosofia de “servir bilhões” para “ouvir bilhões”. Em várias plataformas de mídia social, o McDonald’s continuará a ouvir ativamente o feedback de seus consumidores e manterá as linhas de comunicação abertas, como na campanha recente “Nosso alimento. Suas questões”, afirmou a executiva. Outras mudanças em 2015 incluirão novos uniformes dos membros das equipes assim como novas embalagens e sinalização dos restaurantes.

A iniciativa vem em momento em que a rede vem apanhando no mercado, com queda nas vendas e aumento da competição de outros restaurantes de alimentação rápida e concorrentes como Wendy’s. As vendas do McDonald’s em novembro caíram 4,6%, o mais fraco nos EUA em mais de uma década. Globalmente, suas vendas em mesmas lojas no mês desceram 2,2%. No terceiro trimestre de 2014, as vendas em mesmas lojas tanto nos EUA quanto globalmente caíram 3,3%. Em especial, o McDonald’s tem sido menos popular entre os Millenials que outras marcas e a rede tem trabalhado para se tornar mais atraente a esse grupo por meio de transparência e iniciativas de garantia de qualidade.

A CMO do McDonald’s também afirma que vai expor mais clássicos como o Big Mac em suas ações de marketing – como em um novo comercial de TV que alerta os vegetarianos a olhar para outro lado. Ela também aproveitou a oportunidade para falar da nova plataforma de customização “Crie seu sabor”, que será lançada em 2.000 lojas dos EUA em 2015. A empresa deve, ainda, levar ao ar um novo anúncio durante o Super Bowl, mas recusou o convite para comentar o assunto.

Fonte: http://www.meioemensagem.com.br

Air New Zealand faz vídeo de segurança inspirado em “O Hobbit”

adnews-5437227711414080864e91542098bc93992c69d6d898720cc7b9171f722

A Air New Zealand, companhia aérea da Nova Zelândia, inovou no seu vídeo de segurança. No filme, eles homenageiam a trilogia “O Hobbit”, e ele conta com estrelas como Elijah Wood e o próprio diretor Peter Jackson, que aparece em meio as fantásticas criaturas da Terra Média.

E essa não é a primeira fez que a empresa faz uma parceria com Peter Jackson, como você vai ver mais abaixo, há um outro vídeo que já usa desta temática. E a proximidade com o diretor é tanta, que a própria empresa dele, a Weta Workshop, é que produz os longa.

Além desses geniais vídeos, a Air New Zealand já foi responsável por outros vídeos considerados “diferentes”. Assista:

O primeiro vídeo inspirado no “O Hobbit”:

Outro vídeo, este com o excêntrico Richard Simmons:

Via AdNews

E se um carro acidentalmente tomasse Viagra?

adnews-10604580871413490179f9de7ee30e11c4825c89afe023b17d907c3a584e

É isso mesmo que você leu, um carro tomando Viagra! A nova campanha criada pela agência The Richards Group para o novo Fiat 500X usou dessa irreverente ideia.

A campanha foi filmada na Itália, e a ideia é mostrar que o carro está maior e mais encorpado, e nada melhor que um bom Viagra para deixar as coisas maiores, não é?

O Viagra acaba entrando no tanque de combustível do Fiat acidentalmente, após um senhor deixar cair a sua pílula. Só vendo para entender a grande sacada da campanha.

Veja: