Batalha de Páginas: Varejistas On-line

4

Na nova edição do estudo Batalha de Páginas, do Buzzmonitor, analisamos a performance de players do varejo online, como Magazine Luiza, Americanas e Submarino.

O objetivo foi comparar a performance de páginas concorrentes ou semelhantes nas redes sociais, além de capturar dados sobre seus consumidores, durante o mês de janeiro até a primeira quinzena de fevereiro.

TOP GENDER

A partir das menções coletadas durante o período monitorado, notamos que 71,5% dos usuários do Twitter que mencionaram o Magazine Luiza são do sexo feminino.

Dos usuários que mencionaram o perfil do e-commerce Americanas.com, 50,2% são do sexo feminino e 49,8% são do sexo masculino.

Já o e-commerce Submarino possui a maior taxa de comentários de usuários do sexo masculino no Twitter, 56,8%.

1

TOP BIOS

Com o report Top Bios conseguimos alguns insights interessantes sobre as preferências dos usuários do Twitter que mencionaram os canais de varejo online. Dos que citaram o e-commerce Magazine Luiza, identificamos jornalistas e usuários engajados em política e música. Já as pessoas que falaram sobre a Americanas.com e Submarino, são amantes de séries, música e literatura.

CRESCIMENTO DE FÃS

No total de fãs, a Americanas.com apresentou pouco mais de 4 milhões durante o período monitorado, com um crescimento de 36,184 novos fãs. Já o Submarino apresentou um crescimento de 5,159 novos fãs, ficando atrás da Americanas.com por uma diferença de 54 mil fãs.

O e-commerce que obteve o maior crescimento no número de novos fãs foi o Magazine Luiza, que conquistou 129,918 mil novos usuários, mas ainda possui um total menor do que os concorrentes, de 2,957,379 milhões. Coincidentemente nesse período, o e-commerce reduziu seu quadro de funcionários com o objetivo de tornar-se mais eficiente e lucrativo.

2

USUÁRIOS QUE CITARAM AS PÁGINAS

O número de pessoas que falam nas redes sociais sobre os e-commerce Submarino e Americanas.com diminuiu durante o mês de janeiro e a primeira quinzena de fevereiro. A página Magazine Luiza foi a única que apresentou crescimento de 14.03% – maior taxa dentre as três.

Submarino e Americanas.com tiveram uma redução de 54.67% e 43.44%, respectivamente.

3

Veja o estudo completo para saber quem foi o vencedor dessa edição do Batalha de Páginas:

Via BuzzMonitor

Instagram passa a mostrar data e hora das publicações

adnews-178064023514580537954caebe34ead9d5c808fe01ad82db33071c6b9025

O “pessoal de humanas” que não gosta muito do modo como o Instagram marcava o tempo de suas publicações, em semanas, pode comemorar. A partir de agora, a rede social vai passar a mostrar a data e a hora exata em que uma foto foi publicada, dispensando a necessidade de fazer uma conta para saber quando o post foi feito.

Segundo informações do Mashable, que percebeu a alteração, a atualização deve chegar de forma gradativa aos usuários até que atinja toda a base da rede pertencente à companhia de Mark Zuckerberg.

instagram-exact-date-mashable

Outra modificação notada pelo portal é o modo como o aplicativo exibe a barra de volume dos vídeos. Antes, quando o usuário tentava aumentar ou diminuir o som a exibição das imagens ficava comprometida, já que o recurso surgia logo em cima do post. A partir de agora, a barra passa a aparecer no topo da publicação, não dificultando a visualização.

O Instagram ainda não deu nenhuma declaração oficial sobre as novidades.

Via AdNews

“Reactions”: Facebook libera 5 reações ao botão de curtir

1

A partir do dia 24/02, o Facebook começou a liberar as alternativas ao botão de “curtir”, botão que acompanha a rede social de Mark Zuckerberg há um bom tempo.

Chamadas de “reactions”, as alternativas criadas pelo Facebook, já estavam em testes em alguns países há alguns meses e agora finalmente todo mundo terá acesso a elas. Assista acima ao vídeo das novas reações funcionando.

São 5 reações e cada uma representada por um sentimento e um emoji: Love, Haha, Wow, Sad e Angry, além do botão de like (curtir).

É preciso tocar e segurar o botão de curtir, para as opções serem exibidas (em aplicativos móveis) ou passar o mouse sobre o botão (na versão desktop do Facebook).

São esperadas reações com o mesmo impacto do botão de curtir, embora nos insights da página eles sejam mostrados de forma separada. Claro que isso vai favorecer as marcas a melhor entenderem como seu público está reagindo ao conteúdo, segundo informou o Facebook.

Como todas as novidades que o Facebook lança, esta também está sendo liberada aos poucos para todo mundo.

Via LabCriativo

Infográfico: marketing digital de Deadpool

Deadpool

O filme Deadpool teve classificação indicativa “R – Rated” nos Estados Unidos, o que significa que é proibido para menores de idade e também restringe as formas de divulgação do longa. Por isso, os produtores tiveram que inventar sua própria estratégia de marketing digital. O personagem da Marvel é conhecido por sua falta de limites e perfil jocoso. A distribuição do longa é feita pela Fox.

O infográfico produzido pela Infobase Interativa (veja abaixo) mostra algumas das ações de divulgação do filme que utilizou plataformas pouco exploradas, como o aplicativo de namoro Tinder, e buscou gancho de datas comemorativas, como aniversário de São Paulo, para estar sempre por dentro do que se está sendo falado na mídia no momento. As redes sociais foram utilizadas para fazer brincadeiras e piadas com memes da internet, utilizando como referências a músicas de Wesley Safadão e MC Bin Laden.

De acordo com os dados reunidos para o infográfico, a estratégia diferenciada de divulgação do filme teve bons resultados: a arrecadação na primeira semana foi recorde, atingindo US$ 135 milhões.

INFOGRAFICO-deadpool2

Via Meio e Mensagem